quinta-feira, 20 de abril de 2017

Saudade, viajar... o que mais

Hoje encontrei estas frases que definem o meu estado de espirito atual e no presente momento: Saudade e Viajar
 
"A saudade que dói mais fundo e irremediavelmente é a saudade que temos de nós. (Mario Quintana)"

 
Quando dá aperto, quando se quer voltar a sentir... dá saudade do que se viveu e do que ficou por viver, a falas que ficaram por dizer, por medo, por falta de maturidade, porque ainda nao se cresceu o suficiente, talves nunca crescerei o necessário para isso... mas tudo continua a existir, a esperança e a força...
 

 
"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar. (Fernando Birri)"
 
É isso... caminhar, viajar e voltar a caminhar... um ciclo que nunca termina sempre na busca, nas descoberto porque Viajar é mais do que a visão de pontos turísticos, é a mudança que acontece, profunda e permanentemente, no conceito sobre o que é a vida. Resta-nos descobrir o queremos da vida, e tentar responder a esta questão talvez ajude: Qual é a coisa mais importante que eu poderia estar fazendo no mundo agora? E se você não está trabalhando nisso, por que você não começa?... porque Só se vive uma vez, mas se você souber viver bem, uma vez é o suficiente.
 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Eu vou a Venezaaaaa

Estou sem tempo mas tinha que vir cá dizer isto...

Eu vouuuu a Veneza... sim sim sim já está marcado. Em Setembro lá vou eu à aventura... Mas a viagem começa agora... 5 meses para planear tudo. Bora lá... (se alguém já foi, aceito sugestões, o que visitar, etc)

sexta-feira, 17 de março de 2017

Isto, isso, Veneza e muito mais!

Apesar de nao vir aqui à algum tempo continua a escrever nas linhas do meu pensamento... ainda à pouco recrie o que te queria dizer...

Quero-to dizer que a vida se vai desenrolado umas vezes com mais força outras vezes nem por isso... Tenho andado exausta, derivado das poucas horas de sono.... apesar disso estou bem. O trabalho vai indo, nem sempre como queremos mas vai... a minha pessoa cá no seu fundo também se vai safando, nem sempre com a confiança que queria, nem sempre com a destreza que queria, com os seus mil defeitos, que muitas vezes me culpo por isso, mas enfim tenta-se dar um jeito.

As pessoas continua a entrar e a sair da minha vida sem nunca permanecerem, acho que é o meu Karma.

A vida nao têm sido muito diferente do dia antes de ontem anterior ao outro, mas também nao tem sido igual. Na meio da luta desta vida houve tempo para ir ao cinema, voltei ao teatro (e adorei) e vou muito brevemente ver a "Avenida Q" e ser turista (o que eu gosto disso)... e a grande novidade simmmm, a grande novidade (nao, não é isso...) é que vou marcar daqui a pouco dias a minhas ferias... e para onde?!? depois de pensar e repensar e nao saber... houve o um click.... VENEZA, sim, acho que é mesmo para ai que quero ir, eu a rapariga que sempre quis viajar e sair deste quadradinho, tem estado tao indecisa, pensou em mil hipóteses, mas queria algo diferente, e penso que Veneza tem isso, parece retirado de outro mundo, diferente do que vivemos (se houver alguém por ai e já andou por aquelas banda, o que achou?)... em breve haverá mais novidade ;)


(nao sou fã do moço, mas gosto desta)

sexta-feira, 3 de março de 2017

Bora

"Aquilo que dá frio na barriga é o que ainda vale apena viver"
 
 
E vai ser até cansar ;)
 
Bora fazer isso, bora fazer valer viver a vida, bora por os sonhos em pratica, bora inspirar-nos, bora agarrar pensamentos positivos, bora buscar as nossas crenças, bora acreditar em nós, bora!? porque cada um terá a vista da montanha que subir, e nós queremos a mais bonita

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Daquelas coisas

Continuando o ultimo post:
 
"Garota, como você vive assim? Nunca vi não ser de lugar nenhum, tu se permite ser guiada pelo vento e carrega contigo tudo o que possui. Não é assim que a vida toca. Parece um caramujo. Nunca vi gente levar a vida nas costas, o que vejo são as pessoas dando as costas para a vida. Presta atenção em mim e pare de fazer novos amigos. O que existe de tão interessante nessas estradas? A vida por aqui anda tão difícil, mas prefiro o conforto dessa velha dor conhecida do que arriscar esse sorriso sem razão que tu carrega contigo"

 
Foto de Livre Blog.



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Viagens

"O navio está seguro no porto, mas não é pra isso que se fazem navios"
 
Quando descobres aquele blog de viagens :) para os amantes cá fica https://www.livreblog.com/ 
 
Foto de Viagem Livre.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Cá fica

Nao me tem dado para a escrita mas apetece-me dizer qualquer coisa, por isso cá fica, um Gostei:

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Aquela impressão

Eu juro que nao percebo nada de politica, mas ando com a leve sensação que estamos a recuar no tempo...Será só impressão minha!?!

Inspiraçao

Estrada de Las Vegas para São Francisco
 
Foto de Universo Inteligente.
 
 
Imagem no mínimo inspiradora, para um amante de viagens (como eu)... Um dia, quem sabe...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Calmaria da Noite


Foto de Luís Leitão.


 
O coração fica cheio, a alma rasga grandeza, respira-se mais fundo que o normal, desconeta-se da realidade, duvida-se mil vezes, rejeita-se outras tantas, somos felizes num segundo, para no próximo voltar a interrogar-nos.... mas somos felizes... uma felicidade ilusória que vive em nós... mas tambem nao a queremos perder, assim pelo menos conseguimos saboreá-la... De olhos semicerrados mas de coração aberto, no escuro da noite, no quente dos edredons, na calmaria da escuridão, sentimos o toque, os braços que nos envolvem, o beijo que nos tira o folgo, as mãos que agarram a cintura, o olhar que se fixa, e sente-se o que nao se quer, nao desta maneira, tão fria e cruel... para isso, atrevo-me a dizer não... Soube-se eu o que vai para alem desse olhar, tivesse eu o dom da interpretação... mas não, o que me resta são imagens, momentos inconclusivos... mais uma vez partiste, acho que é melhor assim, uma contradição sem nexo, mas provavelmente o mais consciente sentimento... 

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Tempo que nós resta

O mundo nao pára, o tempo voa, os segundos giram, num contra relógio que nos encaminho para um só fim... soubesse eu o tempo que me resta, que nós resta, a nos todos, talvez fosse mais fácil agir, tomar iniciativa, antecipar o que tememos... Mas esse é talvez o maior mistério da vida, talves por isso, flutuo, nas esperança que tudo isto se encaminhe... que a vida tome a rota e que eu a consiga guia-la... Há muitas direções para onde partir... muitos nomes, muitos sonhos, muitos objetivo... Tomará eu conseguir alcançar metade... nao que metade me chegue... Ambicionou-te por inteiro, desejo-te por completo, mas conheço me suficientemente bem. A saudade doí, o passado marcou para todo sempre, há cicatrizes irreversíveis, há feridas abertas, há sorrisos sinceros, há esperança em ti. As feridas que me rasgaram, são as mesmas que me fazem caminhar... que me fazem todos os dias viver, mesmo sabendo que o caminho por vezes podia ser outro. Há que tentar.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Conclusões inconclusivas

Pois bem, sabem aquelas conclusões inconclusivas que temos num breve flash!? Cá vai, não vão perceber nada, mas também acho que nao é para perceber.

1º Se pensar tanto numa coisa, não é que ela acaba mesmo por acontecer! Só não ganho o euromilhões.

2º As vezes acho que tenho os meus pensamentos escritos na testa ou serei tão evidente/transparente?! as vezes já tenho medo que fale com os olhos.

3º Está destinado.... Outubro, Janeiro e Fevereiro são aqueles meses. Até tenho medo do fevereiro

4º Arrisco-me a dizer que nao quero voltar a sentir o coração a rasgar o peito e saltar-me pela boca

5º Teve que ser, tinha que estar frente a frente, hoje, no dia depois de ontem... nem que seja para provar a mim que nao teve mal nenhum nao dizer nada... no fundo é algo banal, não!? pelo menos assim espero

6º Por ultimo, mas nao menos importante, quero referir que sou a favor das tecnologias, mas entristece-me que esta seja muitas vezes o único meio que parece existir para a comunicação entre pessoas... Bolas, estamos lado a lado, ao virar da esquina, no 2º direito... mesmo aqui... mas mesmo assim teimamos com as tecnologia... talvez por ser mais fácil nao falar olhos nos olhos.


sábado, 7 de janeiro de 2017

Cá no fundo, assim me sinto

Hoje o dia foi bom, um pouco diferente, pelo menos para mim. Depois de mais um episodio, de mais uma crise ou que queiram chamar, aparentemente está bem... E eu também estou bem... mas sinto que interiormente anda aqui um rebuliço... Sinto-me insegura, cansada mentalmente, desconcentrada, falta de confiança, um aperto cá dentro... e nao sei o motivo nem sei como fazer passar isto... Tudo acontece rápido de mais... talvez por isso me sinta um pouco perdida...Dizem o que o tempo ajuda, assim espero.