quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Reler o passado

Hoje foi dia de reler o passado... percorri as paginas deste diário, voltei a 2014, quando escrevi a primeira linha deste longo desabafo... no fundo és isso... és um desabafo, és o meu pensamento mudo, és o meu consciente inconsciente, és o meu segredo, és a minha noite no final do dia, és o único que realmente me conhece. Nestes 2 anos, ao reler-te vi que mudei... talves nao mudei assim tanto... a essência é a mesma, a massa é a mesma, a cobertura é que mudou um pouco... pouco, mas parece-me que mudou, tem varias camadas, tem uma cobertura mais grossa, mais firme, apesar de por vezes ainda deslaçar, tem mais capacidade para segurar o barco, se assim posso dizer. O tempo que te tenho dedicado tem vindo a diminuir, agora lembrei-me daquele gráfico matemático que quando uma incógnita aumenta a outra diminui, é mais ou menos essa relação de causa-efeito que aqui acontece...

Hoje soube que a minha Mãe mudou de função no trabalho, e fiquei feliz, acho que para o "problema" dela é melhor, é mais calmo... que corra tudo bem e que tenhas muita força interior para seguires em frente e continuares a ser a minha Mãe aquela que eu conheço. Tu ai, nao te esqueças de nos guiar ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário