quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Coisas da mente

Enquanto caminho consigo ver na minha sombra a tua mão pousada no meu ombro, e sinto-te.

Sem comentários:

Enviar um comentário