domingo, 22 de fevereiro de 2015

Porquê?

Porque é que me lembro de ti? Porque razão me invades o pensamento? Porque à coisas que me fazem lembrar de ti, tanta coisa, expressões, palavras, coisas...? PORQUÊ? Não faz sentido... Será porque foste o único que se aproximou de mim, como ninguém se tinha "aproximado"?!?! Fogo, e os olhos que se fixam como se ouve-se uma linha condutora, ainda continua... Ok, vai dormir Maria, são 4 da matina, estas cansada e já não dizes nada de jeito... Amanhã o dia avizinha-se novamente longo... Vi que tinha comentários na caixa do correio, mas amanha respondo.

Sem comentários:

Enviar um comentário