quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Dizem que é ano novo

Discussão: é a palavra que marcou a passagem para o ano novo... tenho sido tolerante, mas ontem, não consegui, e foi falar, discutir, falar e discutir até a voz me doer... Estou um farrapo, odeio discutir... mas o mais impressionante é que discuto apenas com que mais gosto: os meus pais... são raras as vezes que discuto com alguém... mas conforme vamos crescendo e somos "obrigados" a continuar a viver com os pais, por vezes, chocamos... e por aqui ás vezes é demais... O problemas é que agora ainda estou magoada, dízimos o que não queremos e ouvimos também o que não queremos... seguir em frente sem pensar no que se passou, não é fácil...

Isolar-me: sim é outra palavra que descreve o inicio deste ano... com tudo isto, ontem à noite mal abri a boca... eu que tive quase toda a família aqui em casa e que adora brincar, falar e estar no meio de todos, ontem particamente não sai do meu canto, certamente repararam, dai dizerem "Ela está cansada"... Sim estava, mas não foi esse o motivo, o motivo foi a minha dor interior... E depois pensava: Com tanta gente doente, sem comida, tantas pessoas que não tem um lar, e eu para aqui a deprimir por um motivo sem logica, uma discussão sem pés nem cabeça... infelizmente não consegui ultrapassar isso... e eles foram embora, deram-me um beijinhos e disseram "vai descansar"... sim descansei, já acordei mas ainda não passou... vou voltar para o meu cantinho e ver um filme, desta vez a escolha é: A Culpa é das Estrelas... Quando me isolo, sei que sou a única prejudicada, que só estou a fazer mal a mim própria... como já fiz no passado... Maria, depois não te queixes.

6 comentários:

  1. Por vezes temos de ter os nossos momentos de "solidão". Mas não podes fazer disso um hábito (e contra mim falo por vezes)...

    ResponderEliminar
  2. Eu percebo essas discussões, mas tens que tentar deixar p'ra lá :x Gostaste do filme? Ficou bastante aquém das minhas expectativas.. Mas se calhar eram demasiado elevadas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, gostei... gostei da interpretação dos atores, da historia e gostei muito das imagens de Amesterdão... Pois, eu não tinha nenhuma expectativa sobre o filme, já tinha ouvido falar dele, sabia que a protagonista tinha cancro, mas pouco mais sabia...

      Agora que descobri o torrent, de vez em quando vou lá tirar uns filmes... sugeres algum do género romance/drama?

      Eliminar
  3. Não desanimes mulher, tudo bem teres uns momentos para reflectir mas isolar-te de tudo faz sentires pior e ires mais abaixo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mariah!

      Obrigada pelo conselho, eu sei que só me faz mal... mas hoje (finalmente) já estou mais animada.

      Com isto tudo, não tenho ido ao teu cantinho, espero que esteja tudo bem contigo!

      Eliminar