quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Fica proibido...

Foto de Alexandre Carlos Pinto.
 

 
«Fica proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer.

Fica proibido não rir ante os problemas,
Não lutar pelo que queres,
Abandonar tudo por medo,...

Não transformar em realidade os teus sonhos.

Fica proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague pelas tuas dúvidas e mau-humor.

Fica proibido deixar os amigos,
Não tentar compreender o que viveram juntos,
Chamá-los somente quando precisas deles.

Fica proibido não seres tu perante todos,
Fingir para as pessoas que não te importas,
Esquecer todos os que te querem.

Fica proibido não fazer as coisas para ti mesmo,

Não fazeres o teu destino,
Ter medo da vida e dos teus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse o último.

Fica proibido ter saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer os seus olhos, o seu sorriso,
Tudo porque os vossos caminhos deixaram de se abraçar,
Esquecer o teu passado e apagá-lo com teu presente.

 Fica proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as suas vidas valem mais que a tua,
Não saber que cada um tem o seu caminho.

Fica proibido não criar a tua história,
Não ter um momento para aqueles que precisam de ti,
Não compreender que o que a vida te dá, e também o que te toma.

Fica proibido não buscar a felicidade,
Não viver a tua vida com uma atitude positiva,
Não pensar naquilo em que podemos ser melhores,
Não sentir que sem ti este mundo não seria igual."


Alfredo Cuervo Barrero

 

2 comentários:

  1. Eu gosto especialmente desta parte: "Não lutar pelo que queres,
    Abandonar tudo por medo..." ;)

    ResponderEliminar