terça-feira, 18 de novembro de 2014

Música

"O amor é uma doença quando nele julgamos ver a nossa cura" Made in: Mariana
 
Lembro-me de ser adolescente, e ver aquelas miúdas da minha idade com os antigos mp3 e fones nos ouvidos... era moda, era um vicio, era algo que a mim não me dizia absolutamente nada... nessa altura a musica não era uma necessidade, não fazia parte de mim... simplesmente, "cruzava-me" com ela no autocarro, nas viagens de carro, na TV, por ai... Quando foi para a faculdade, isso mudou... substitui muitas vezes a TV pela Rádio, pelo" Oceano Pacifico", pelo "Café da Manha", pela "Cidade FM"... era uma companhia enquanto estudava...

No agora, a musica é o meu escape, é onde me refugio, é onde preencho um bocadinho da minha noite com as melodias que gosto... a sensação de colocar os fones e ouvir a minha musica é maravilhosa, tem um efeito quase analgésico... Tem o dom de desfocar a realidade e leva a sonhar, só mais um bocadinho, só mais uma vez.

P.S.: Cada vez que o vejo, eu morro um bocadinho por dentro...
 
 

2 comentários:

  1. Por razão dizes que morres por dentro, como é esse sentimento que origina-se?

    ResponderEliminar
  2. Porque sinto uma barreira enorme difícil de quebrar...

    ResponderEliminar