sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Mais um desabafo

À 15 dias que ele deixou de me enviar mensagem para o FB... Continuamos a ver-nos no meu local de trabalho, e é como se nada tivesse acontecido... Infelizmente, fisicamente o meu corpo continua a reagir quando ouve a sua voz, das mais diversas formas, ora treme, ora arranca-me o coração como tivesse um AVC, ora mudo de cor, que varia entre o branco em que fico gelada e o vermelho onde fico com calor... Não arranjo uma justificação para isto, não à explicação para o inexplicável...

Posso dizer que o meu pensamento já não é ocupada somente com ele... valha-me isso.

Já me sinto melhor, sem aquela ansiedade que me andava a matar... mas tem que haver um "mas"... e de vez em quando vou espreitar se tenho alguma mensagem... é controverso, não tem logica mas esta ausência de qualquer coisa é estranha... esta ausência de ti, da alguém, de não saber o que se passa é estranha... Eu sou estranha.


11 comentários:

  1. Same.. Só que eu tenho a sorte (ou azar) de não me cruzar com ele. Mas já não me diz nada há imenso tempo.. Enfim, é ir andando. Aquela ansiedade de ir às mensagens já começou a ir embora mas mesmo assim pode voltar a qualquer momento. Enfim enfim.. Há coisas que se calhar não são para entender.. Eu sei lá.. Nestes assuntos também pareço uma adolescente sem saber o certo e o errado -.-'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom saber que não sou a única...

      Às vezes já não sei o que é melhor, se é a ausência de sentimentos ou se é esta montanha russa de emoções.

      Eliminar
  2. Não digas que és estranha só por causa disso. Acho se calhar um estranho o facto de sentires a falta dele, pelo menos é o que parece, dizendo que não querias nada com ele...
    Talvez sintas falta só da atenção que ele te dava, dos momentos que proporcionara quando falavam pelo face...Mas sabes vendo a tua história as vezes já me deixaste a pensar se não seria um fraquinho, sim pode parecer estapafúrdio o que estou a dizer...Mas sei lá acho que se não tivesse um mínimo de importância ele não te provocaria isso, esse tipo de sentimentos o ficar sem jeito, envergonhada, mal conseguir falar frente a frente... :/
    Mas pronto, acho que deves fazer o que diz te o coração , se ele diz que não é o tal pronto... Talvez ajudaria te se tentassem ter uma amizade, não sei digo eu, tu própria dizes que é como nada tivesse acontecido, sei la poderias insistir nisso que te disse...
    Se feliz mulher da forma que achares melhor e não te preocupes com que pensaram , ou com a figura que transparecerás ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Talvez sintas falta só da atenção que ele te dava, dos momentos que proporcionara quando falavam pelo face"... é isso mesmo Mariah... ele deu-me a atenção que até ao momento nunca tive, ele disse-me coisas que nunca ouvi, ele fez-me sentir importante para ele... e isso foi muito bom!

      Quanto ao fraquinho nem te sei dizer.

      Pois, de facto não sinto que seja o Tal... mas sinto uma enorme confusão na minha cabeça, enfim.

      Mais uma vez obrigada pelas palavras.

      Eliminar
  3. humm são sensações que não conseguimos controlar, tempo tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e ainda bem que o são, sob o risco de a mente controlar sempre todo o resto :D

      Eliminar
    2. são mais fortes porque não as dominamos, mas se mexem contigo tens de as avaliar :D

      Eliminar
    3. Sim, neste caso, é impossível controlar... é um mix de sensações, que tem tanto de bom como de mau... Sentir que ficamos sem defesas mas que temos continuar ali, como se nada fosse... mas ao momento tempo, quando a tempestade passa, apercebemos que estamos vivos e que sobrevivemos.

      Pois, avaliar... Já fiz isso... mas não é fácil... Não consigo encontrar uma razão logica para isto...

      Eliminar