quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Atraçao vs Paixão vs Amor

Querido diário, lembras-te de eu à umas semanas atrás ter falado de uma troca de olhares, uma espécie de linha condutora que fixa dois olhos? Sim, pois tenho tentado disfarçar, mas curiosamente tenho ficado nervosa na presença dessa pessoa, até tenho ficado vermelha, coisa que pensava que já tinha ultrapasso (é horrível ficar com o rosto vermelha, odeio, mas é mais forte que todas as nossas forças)... bem, esse mesmo rapaz á uns bons meses enviou-me uma mensagem para o Facebook, a meter conversa. Claro, eu não respondi, primeiro porque é uma pessoa que eu conheço apenas de ir ao meu local de trabalho, apenas trocamos algumas palavras e depois, porque simplesmente não sei o que dizer, não temos assuntos em comum.... Sabes uma coisa, à alguns minutos atras foi ao Facebook e deparo-me com uma mensagem de Boa Noite da dita pessoa... Ironia, das ironias acho que sempre que vou ao FB vou na curiosidade de ver se tenho lá alguma mensagem dele... o estupido é que agora não tenho coragem, sou incapaz de dizer o que seja... sou tao estupida, não sou? eu sei... podem-me dizer-me mil coisas que eu acho que nunca vou conseguir dizer nada... Pergunta: Mas o que significa ele para ti? pois, eis a questão, não faço ideia... Amor impossível...  Paixão dificilmente,  como podemos estar apaixonados por uma pessoa  que mal conhecemos? ok, talvez a necessidade de ter alguém,  a carência afectiva,  faça ver coisas que não existem... Atracão?  talvez,  gosto da expressão quando sorri, do olhar, da voz. O pior é que tenho andado a sonhar acordada com ele... Ah, amanhã quando o vir é que vai ser o bonito,  simplesmente finjo que não vi a mensagem... sou estupida, eu sei.

8 comentários:

  1. Doce maria não tenhas medo de avançar, de amar. Se queres encontrar alguém como tanto falas tens de dar um passo nesse sentido ou nunca vai acontecer. Não tenhas medo de te dar. Vai mesmo com medo, mesmo de pé atrás não deixes de ir e conhecer pessoas é a melhor coisa que pode existir. Não sabes o que vais encontrar senão arriscares dando-te a conhecer. Pode não dar nada mas pelo menos tentaste. Além de que senão responderes vais deixar de ter as mensagens porque tanto esperas à noite no fb.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula, não sei porquê mas as tuas palavras tem sempre uma força muito boa... E terminas-te a referir uma grande verdade, se não responder, não irei ter essas mensagens, ninguém tenta uma e outra e mais outras vez...
      Quanto a esse medo é um medo que me consume, neste momento tenho coração apertadinho, sinto-me a sufocar... a sentimentos estranhos não há?... Mas a verdade é que não sei o que dizer, tenho medo de não ter conversa, de não ser interessante, de fazer "má figura"... Eu sei que a pior figura é não responder, não sei o que a pessoa vais pensar, ainda por cima vejo-o quase todos os dias. Sinto-me a pessoa mais parva e insegura do mundo...

      Eliminar
    2. Todos somos parvos e inseguros em alguns momentos. Todos erramos e não tem que haver mal nisso desde que aprendamos com isso. Tal como não faz mal ter medo desde que não deixamos que ele vença.
      Eu sei que é difícil. Mas também sei que se trata da tua felicidade. E só tu podes lutar por ela por muito que aconselhem caminhos só tu podes lutar por ti, mas ninguém. E não vejas só os defeitos. Tu és bonita e tens qualidades. Quando olhares ao espelho não vejas só o medo, a insegurança e os defeitos tenta procurar a tua beleza. Não nos consideramos bonitos todos os dias mas tentar gostar de nós em alguns dias vale a pena. É uma luta diária que vale a pena!

      Eliminar
    3. É verdade Paula, só eu posso lutar por mim, infelizmente acho que muitas vezes entrego a minha vida na mão do "destino".

      Quanto à beleza (interior e exterior), como dizes, à dias... as vezes até me consigo achar bonita, sorrio ao espelho e afirmo para mim própria que gosto do que vejo (acho que foste tu que à uns tempos me dizes-te para fazer algo do género), outros dias, quando me comparo com outras raparigas, por vezes vem tudo por agua abaixo, e acho-me horrível, etc etc... Quanto à parte interior, sou muito insegura, mas também depende dos dias, às vezes tenho conseguido surpreender-me e consigo ser confiante. Infelizmente estes medos por vezes prejudicam a minha maneira de estar... como dizes, temos que melhorar, ter mais confiança dia apos dia...

      Eliminar
  2. Pouco percebo de atracão,paixão e amor, por isso tudo que te vou dizer pode não ser o mais correcto.
    A vida é feita de amores e desilusões e temos que passar por isso é facto da vida. Pode não dar em nada mas também pode ser tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vão 2, também percebo pouco (entenda-se muito pouco) de atração/paixão/amor.

      É verdade, temos que passar por isto... e "isto" é tudo desconhecido para mim... sinto-me sem saber o que fazer...

      "Pode não dar em nada mas também pode ser tudo".... se eu soube-se o que isto vai dar, seria tao mais fácil... acho que as vezes complico tudo, o medo boqueia-me.

      Eliminar
  3. Maria, doce Maria

    Se não nos dermos uma oportunidade nada vai acontecer! Se a tua timidez e insegurança te impedem de avançar pessoalmente, aproveita a hipótese de falarem pelo facebook, sem olhar nos olhos pode ser mais fácil. Podes começar por retribuir os desejos de boa noite. Só vais saber se têm assunto em comum quando falarem, deixa as coisas acontecer.
    Fico deste lado a torcer por ti. ;)

    Um abraço apertadinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma vez tens toda a razão... Obrigada pela sugestão de "Podes começar por retribuir os desejos de boa noite"

      Obrigada pelo abracinho :)

      Eliminar