segunda-feira, 2 de junho de 2014

Zona de conforto... contagem descrecente

 
 
E pronto, começou a contagem decrescente... é no próximo fim-de-semana que vou sair da minha rotina e vou entrar num ambiente do qual não estou habituada ou pelo menos já nem me lembro o que isso é... Não sei se isto vai correr bem ou mal, se vou gostar ou não... também não quero pensar demasiado nisso, nem criar expectativas... claro que estou um pouco ansiosa... o desconhecido é sempre uma incógnita. 

Vamos ser um grupo de girls... mas apenas estou ligada a uma pessoa, o resto da malta, não conheço ou conheço muito pouco... Soube que vou ter que ir de autocarro durantes 2h (tempo até chegar ao local) com uma pessoa que mal conheço... São pensamentos estúpidos, eu sei, mas o que conversar com alguém que não conhecemos durante 2 horas? Sei que é o pensamento mais estupido... bem Maria, vai tudo correr, acredita...

7 comentários:

  1. Vai correr tudo bem! :) e vais-te divertir!

    ResponderEliminar
  2. Não te preocupes muito com isso. Sê tu mesma, aproveita para estares com pessoas diferentes e diverte-te ;) (deduzo que seja uma espécie de convívio...)
    Quando era mais nova também era assim, acredita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou fazer para aproveitar :)

      É bom saber que não sou a única.

      Eliminar
  3. De certeza que a conversa vai fluir naturalmente.. Não penses muito nisso e aproveita! :)

    ResponderEliminar
  4. Tens 2 horas para conhecer essa pessoa, queres melhor oportunidade para criar laços? :p

    ResponderEliminar
  5. Leonor e Ted,

    é nestas alturas que sei que sou uma eterna tímida (ou sei lá o que chamar)...

    É verdade, é uma ótima oportunidade para conhecer essa pessoa... numa altura em que a minha vida está um "deserto" no que toca a amizades, acho que já nem sei o que isso é... conversar, sem ser por 5 minutos, sem ser conversas casuais, de "olas, tudo bem"...

    Acho que estou "destreinada"... desde que a faculdade terminou (à 3 anos), a vida "roubou-me" novamente as "minhas pessoas"... desde então a minha vida tem apenas conhecido que ora entram oram saem.

    ResponderEliminar