sábado, 31 de maio de 2014

Miudagem


A miudagem nunca fez parte da minha vida... as crianças que haviam e há na família vivem longe de mim, por isso só as vejo esporadicamente... Acho os baby´s um encanto, umas coisinhas fofas que só apetece dar beijinhos e aperta-los... o pior em quando crescem e ficam pestinhas e dão cabo da paciência a um santo... Já vi miúdos a fazer birras que dá vontade de os deixar ali e fugir (ok, estou a exagerar), mas só um amor de Mãe (e Pai) aguenta o que eu já vi...

Quando penso na hipótese de um dia ter um baby meu, não consigo chegar a um consenso... para mim é das maiores decisões que alguém pode tomar... é uma responsabilidade enorme e saber que a partir daquele momento nunca mais seremos "nós" e "nós" mas sim, "nós" e um outro ser, que está para todo o sempre ligado a nós.

Isto para dizer que, enquanto caminhava para o trabalho, passou por mim um "bando" (no bom sentido da palavra) de crianças aos pulos, numa fila indiana que de fila não tinha nada e começaram a acenar-me com os braços no ar e uma alegria contagiante "Olá Maria"... Opá adorei aquela miudagem... puseram-me um sorriso na cara, daqueles que não conseguimos tirar e que só ao fim de 5 minutos reparei que ainda estava a sorrir... pronto, os pestinhas também são anjinhos (quando querem).

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Energia



Tenho andado sem energia... aquela energia que me motiva no trabalho, me faz sorrir e entregar de alma e coração, sem andar a molengar e a arrastar-me... Tem sido uma semana com poucos clientes, e apercebi-me que vou buscar essa energia a eles... mesmo existindo sempre trabalho a fazer, a sua ausência retira-me energia, aquela energia que contagia os outros.

Preciso de vocês, são vocês que me motivam a trabalhar mais e melhor... mesmo quando o cansaço apodera-se de mim, são vocês que me fazem lutar e limpar as lagrimas... Energia volta, sim?

terça-feira, 27 de maio de 2014

Somos eternas crianças

Sou uma eterna criança, pelos menos o que toca a isto: Cereais Nesquick... sou uma amante destes cereais. Sempre que os como sinto-me uma criancinha... mas adoro... Um dia ainda me caso com o Sr. Quick!

domingo, 25 de maio de 2014

Conselhos


Conheço o blog do Ted desde o primeiro dia... e esta semana ele partilhou o seguinte:

"Vou passar a noite a estudar, ou pelo menos a tentar. Sinceramente só me apetece mandar a cadeira "ao ar". Estou tão farto da faculdade, farto desta pressão, farto que o meu curso não seja o "meu curso".

Se não estivesse nesta sociedade e eu não fosse quase "obrigado" a segui-la, pegava nas minhas coisinhas e pirava-me de lá.

Não sei como consigo ser assim, mas ás vezes desinteresso-me mesmo pela faculdade. Em tudo na minha vida sou persistente e lutador, mas no toca à parte académica sou o maior desleixado de sempre. Faço sempre os mínimos mas o problema é que o mínimo não chega no curso em que estou.

Não era isto o que eu queria mas agora sinto que não há volta a dar e se desistisse iria dar um desgosto aos meus pais. Mas a continuar assim vou demorar 5 anos a acabar um curso de 3 e ainda tenho de ir ao mestrado.

Tenho que atinar mesmo. Se alguém tiver uns conselhos para mim, agradeço de coração."


Pois, eu adoraria ter um conselho para dar, mas não tenho (também nunca foi muito boa a dá-los)... o que dizer a alguém que nos conta isto? não sei... se alguém souber...?

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Zona de Conforto


 
Quando nos propõem algo tão banal, simples, rotineiro, comum para tantos de nós mas para mim significa sair da zona de conforto, de imediato um "não" nasce na minha boca... Mas fui mais forte que o "não" e disse SIM com todas as inseguranças, medos, receios que a minha alma tem... Já não me lembro ao certo, da ultima vez que aceitei algo que me provoca-se este friozinho, fruto do desconhecido. Sinto um agridoce... porque no fundo sei que é algo que há muito tempo me apetece "fazer" mas por todos os motivos, nunca tive essa "oportunidade, se é que posso chamar isso... Jurei a mim mesma que se algum dia um "convite" deste género me bate-se á porta, não iria recusar, por mais força que o "não" tivesse... Vamos lá ver como vai ser esse fim-de-semana :)

Inoportuno (talvez)




Hoje fechei o guarda-chuva e "voei" até casa num emaranhado de vento, frio e chuva... numa dança de cabelos soltos... O cheiro da terra molhada, da lenha queimada transportou-me para o aconchego que só a nossa casa nos dá... hoje gostei deste "clima" inoportuno nesta época do ano, talvez por isso me soube bem... estranho, para uma "amante" do verão...

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Escolhas

A vida é feita de escolhas... todos os dias as fazemos...mas nem todas elas influenciam a nossa vida ou pelo menos não mudam o seu rumo. No entanto há as ESCOLHAS...

Hoje dei por mim a pensar: Como seria a minha vida se tivesse feito outras escolhas? Nunca vou saber...

 
"Quantas vezes vais olhar para trás
Estás preso a um passado que pesou
Quantas vezes vais ser tu capaz
Fazer sair quem por engano entrou
 
Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
À espera para entrar
De sorriso no rosto
Talvez o segredo
Alguém que te quer falar"

domingo, 18 de maio de 2014

Até ao limite

 
 
Estava capaz de "estrangular" alguém... odeio quando condenam-me como se tivesse morto alguém... e depois vem com palavras mansinha e voz suave... Foi até ao limite, aiiii.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

15 de Maio de 2010


 
Sentia um orgulho enorme, que não cabia em mim... o meu sorriso era tao verdadeiro que fazia nascer uma lagrima fininha no canto do olho cheia de alegria, felicidade, também cansaço e desgasto mas de coração cheio... Com a minha capa completa de símbolos, caminhei até à "arena" onde nos esperavam... a entrada foi esplendorosa, já mais esquecerei, lado a lado com a miúda mais incrível que conheci, entramos com um orgulho enorme, os aplausos faziam notar a imensidão de familiares que estavam naquelas bancadas, os nossos olhares percorriam aquelas "gentes" à procura das nossas famílias, mas rapidamente decidimos desfrutar daquele momento, com toda a força as nossas fitas esvoaçaram no ar, com tanta força como a felicidade que reinava dentro de nós... No final de contas, era a recompensa do esforça e sinal que tínhamos conseguido... Eu sabia disso... tinha sido uma batalha dura... 3 anos cheios de perdas, de derrotas, um inicio muito difícil, numa cidade desconhecida, com obstáculos temerosos, que muitas e muitas vezes encheram-me o pensamentos de "nunca vou conseguir"... por tudo isto e muito mais, este dia foi um fechar de um ciclo, do qual me orgulho do que foi e do que fiz e cada sacrifício que passei, fez-me saborear esta vitória com o maior dos orgulhos... Porque no final de contas, foi dos melhores anos da minha vida, onde conheci as melhores pessoas da minha vida... apesar de hoje não estarem comigo, no passado fizeram parte da mim e nesse ciclo foi feliz...

Hoje, passados 4 anos estou aqui, num lugar que jamais pensei estar, apesar de tudo estou bem... a vida muda sem aviso, sem sinais, sem dizer licença... a vida surpreendeu-me com o mais certo que tinha, mas que eu nunca tinha visto... a vida brindou-me com o que tive sempre à mão... é um brinde ainda bebé, prematuro, demasiado perigoso para fazer uma sinopse...

Em 15 de Maio de 2018, quem serei, onde estarei, quem estará comigo? o que parece certo, o que parece um dado adquirido, nunca é...

terça-feira, 13 de maio de 2014

Nervoso miudinho


Os últimos dias tem sido um agridoce... está tudo bem mas não percebo porque ando assim... sinto-me excessivamente nervosa, então quando existe um pouco mais de pressão, pior... é aquele nervoso miudinhos que me deixa com uma coordenação motora péssima, as mãos descoordenadas, começo a gaguejar e a trocar a ordem das palavra ou de ideias, e piora quando apercebo-me que os outros notam... não sou amiga da pressão, mas nunca me tinha dado para isto, uma ansiedade e um nervoso que odeio... Se pelos menos soubesse a causa de tudo isto, só espero que passe, que assim não dá :(

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Confidências



Intimidade, assuntos tão nossos que apenas atrevemos a confidenciar a alguém próximo de nós, a alguém de confiança... a primeira vez, o primeiro beijo, a primeira vez em que somos menstruadas... tudo natural mas tão "nosso"... Acontecimentos especiais que só partilhamos a pessoas especiais e que nos fazem sentir ainda mais especiais quando somos os escolhidos para essas confidências.

Esta semana uma menina confidenciou-me que tinha vindo o "coiso" (como ela disse) e que precisava de ajuda para escolher os pensos... de imediato na percebi que era a primeira a vez que tinha o período... apesar de não saber bem o que dizer, tentei ser o mais claro possível...

Ser confidente de alguém é sempre bom, especial... fez-me sentir crescida, fez-me olhar para traz e ver que já passaram mais de 10 anos...

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Coisas que doem ver


Por mais que estejas no passado, por mais que sejas uma sombra, uma marca que deixou rasto... por mais que saiba que foi tudo coisas da minha cabeça e o porquê "daquilo" nunca vou saber... hoje doeu ver a tua foto, a vossa foto pela primeira vez no FB... e sei que vai doer ainda mais quando vos ver pessoalmente, até tenho medo da minha reação... só espero que não se note e consiga ter um comportamento "normal"... Sei que daqui a uns anos vou me rir disto... mas até lá existe um rasto que só o tempo apaga...

O vosso sorriso insinua felicidade... apenas te desejo o melhor que a vida possa dar.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Descanso... um mal necessario



Adoro dormir, ficar na ronha, para mim as manhãs são sempre um sacrilégio, até acho que se não fosse o despertador ficava a dormir eternamente...

Estas manhã têm sido difíceis, custa-me levantar, mas as poucas horas que nos últimos tempos tenho dormido não se refletem apenas ao acordar... quase que podia dizer que isso é o menos (não é custa-me horrores)... mas é essencialmente durante o dia que as minhas poucas horas de sono se refletem... não estou tão disponível para os outros, penso mil vezes na minha caminha, não me entrego tanto, o cansaço  apodera-se de mim e o sorriso não é tao verdadeiro... tudo isto porque o trabalho acumula-se e alguém tem que o fazer :P

Hoje senti isso... foram 9 horinhas de pleno descanso, sem interrupções, podia cair o céu que eu não dava por nada... e durante o dia estive em "forma", fui eu, de entrega total :)

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Frases com sentido #12

"Tudo o que hoje é considerado impossível, amanhã poderá ser comum e depois de amanhã obsoleto."
 
Made in: Johnny De´Carli
 



sexta-feira, 2 de maio de 2014

Que saudades...


Já tinha saudades deste clima... hoje a noite está só aquela "coisa"... linda, paira no ar um cheiro a verão... sinto-me livre nestas noites :)

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Feriadinho



Hoje o dia foi meu... meu e das compras :)

Um dia todinho para mim... parti cedo com a minha própria companhia e fui espairecer, respirar outro ar e gastar um dinheirinho, que isto das futilidades, as vezes, sabe bem...

Pois é, foi até a capital meter-me no meio daquela gente (entenda-se muita) que também aproveitou o feriado para ir passear... Mas tudo isso me sabe bem e claro, almoçar com vista para o tejo é sempre um privilegio :)

P.S.: Senhores da moda, tenham só em atenção o tamanho das camisolas... é que 95% das camisolas são até ao umbigo, por favor... mas pronto, no meio dos 5% lá encontrei o que queria :)