sexta-feira, 11 de abril de 2014

Algo estranho



Eu tenho um grandeeee problema, defeito, maluqueira, parvoíce, estupidez, nem sei o que chamar... Eu trabalho para o público, consequentemente vejo muita gente, maioritariamente conhecidos mas também pessoas de passagem, que estão de férias, que voltam à terra em épocas especificas... Tudo bem até aqui...

Só que por vezes (entenda-se poucas), entram por aquela porta um ou outro rapaz que eu nunca vi na vida... mas o meu inconsciente leva-me a pensar "este poderia ser o rapaz ideal para mim, perfeito" uma estupidez no mínimo, eu sei... é apenas uma primeira impressão do somatório do físico, da atitude e da maneira de estar nos breves minutos que estou a atender aquela pessoa... mas o facto é que penso.

8 comentários:

  1. Vai daí também alguns deles pensam o mesmo quando te vêm, mas como não se lêem mentes...

    ResponderEliminar
  2. Acho que toda a gente que ainda não encontrou a sua cara metade, pensa assim. É normal :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vezes acho que é exagero, não conhecendo a pessoa de lado nenhum pensar isso... mas talvez seja mais comum do que penso.

      Eliminar
    2. É normal pensarmos isso porque todas as relações começam porque há uma atracção fisica. E se, casualmente, vemos alguém que aos nossos olhos é bonito, começamos a imaginar o resto.

      Eliminar
    3. É isso mesmo... começo a "fantasiar" toda uma historia que a nada leva e está muito longe da verdade...

      Eliminar
  3. Tenho exactamente o mesmo problema. Durante umas semanas, sem querer, andei sempre com o sorriso de um rapaz na memória :/
    Acredito que seja normal... ficar imaginando como será aquela pessoa especial, se voltaremos a encontrar aquelas pessoas num futuro próximo. Acho normal ;)
    Força. Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom saber que é normal e que já aconteceu a mais pessoas... A sério, por vezes achava que isto era um certo "desespero" que o meu coração sentia... E sim também guardo uma ou outra pessoa, um sorriso, um olhar mais intenso, alguém que foi mais simpático comigo, e nesses instantes sinto-me bem... mais depois penso que sou uma tonta, que dai a realidade vai um passo.

      Eliminar