sábado, 29 de março de 2014

Insegurança



Odeio as minhas inseguranças...odeio quando a voz me falha ao entrar alguém que me intimida (por motivo nenhum)... odeio quando me comparo com alguém que aos meus olhos é lindo, tem segurança tem atitude, tem uma confiança incrível.. odeio quando sinto "inveja branca" de alguém que troca sorrisos, olhares apaixonadas, entrelaça dedos e troca salivas...

Odeio quando queria estar no lugar dessas pessoas... odeio por me sentir tão pequenina, por me sentir tão fraca, tão longe do que desejo, tao perto da minha sombra e tão longe do mundo...

Odeio por voltar sempre ao mesmo pensamento, ao mesmo sentimento de diferença, de distanciamento, de me colocar no tamanho de uma formiga...

Odeio por não conseguir colocar-me de igual para igual, sem criar macaquinhos na cabeça, sem criar histórias, expectativas, ilusões...

Já chega Maria, tens 24 anos miúda... chega destas inseguranças, medos, incertezas... Bora viver a vida, sim... e para a próxima não hesites... boa, Maria?

sexta-feira, 28 de março de 2014

Droga



Não consigo percebo... juro que não consigo perceber uma pessoa que tem uma família, um bebe, um trabalho, uma vida e volta para o mundo das drogas... uma pessoa que podia ter tudo, uma pessoa que se confunde na multidão e ninguém diria que num instante poem tudo em causa... Não consigo perceber, isto afetou-me, doeu saber...

quinta-feira, 27 de março de 2014

Ilusão


Sou uma pateta... porque sei que estou a iludir-me e mesmo assim não faço nada para parar... Porque enquanto estou no meu mundo, enquanto estou na minha ilusão sou feliz... muito feliz, uma felicidade aparentemente de carne e osso, compacta e firme... até ao momentos em que o click se dá e volto a cair, a esfolar o coração, a quebrar a autoestima,  a magoar-me...

Ninguém me iludiu... apenas sou eu, que numa espécie de "desespero" vejo coisas...e acredito...

O pior é que não é de hoje nem de ontem... são muitos anos que vivo a minha ilusão... ilusões que vou criando...talvez, na esperança de atenuar momentaneamente um vazio.... Mas no fim vem a resseca...

quarta-feira, 26 de março de 2014

A minha sombra e eu



Um dos momentos do dia que gosto em particular é o caminho que faço do trabalho para casa... Primeiro porque marca o fim de um dia de trabalho e depois porque o faço sozinha...

Tenho necessidade de estar comigo e comigo... sempre foi assim... e durante essa caminhada tenho essa oportunidade, de caminhar passo a passo com a minha própria sombra... Não sei porque, mas dá-me um poder incrível de sonhar, dá-me força, confiança e uma certeza que sou capaz....

O silêncio que se prolonga e se funde com o cintilar das folhas, o cheiro que a noite traz, o vento que bate no rosto e me poem os cabelos a dançar e a luz amarela dos cadeeiros que ilumina o caminho... dá-me uma sensação de liberdade... nessa altura seria capaz, seria capaz de fazer a maior das "loucuras".

É um momento de reflexão, porque a noite traz paz, tranquilidade... a noite acalma, sará o que o dia feriu...

Colega de trabalho



Trabalho com uma excelente pessoa, ótima mesmo... mas há um ponto que me irrita profundamente... Tem a mania que nunca erra, que a ela nunca aconteceria determinando sucedido...

Por vezes, questiono-me se serei eu que não consigo ouvir criticas, não sei...

quinta-feira, 20 de março de 2014

Desculpa





Estou cansada, sem paciência, aliás já a perdia à muito... são muitos anos, demasiados anos, que quase se confundem com o tempo da minha existência... estas crises que não consigo perceber... tu isolas-te, não dizes o que se passa, não sei se é culpa minha, se sou demisso insensível, fria, dura contigo... mas, de certo modo são mecanismo de defesa que foi criando... sabes que és tudo para mim, o meu mundo... mas esta depressão que vai e vem, que ora entra de rompante ora entra com pés de lã... são muitos anos, a paciência esgota, desculpa.... sabes que te amo, só podemos amar uma Mãe assim... mas estou cansada dessa depressão, exausta, não me percebes e eu não te percebo... desculpa Mãe, amo-te.

Quando a ficha cai


E é quando a luz se apaga, o silencio nasce e o stress dá tréguas... e é quando a "ficha cai"... que queria ter, ter a metade da laranja... é nestas alturas que sonho... sonho que estou aqui, neste exato local, no sofá e alguém me envolve nos braço....

Reflexo


Quando abri o PC ainda desligado, vi o meu rosto refletido no ecrã... gostei desta forma de ver o meu rosto, o seu delinear, os olho bem escuros, as pestanas pretas e longas, um olhar profundo, lábios carregados de uma espécie de vermelho... há alturas em que gosto do meu próprio charme e outras que não me acho piado nenhuma, em que me acho "sem definição".

sábado, 15 de março de 2014

Pausa


Pausa de 2 minutos só para olhar a lua... está maravilhosa. Incrível a calma que me transmite....

quarta-feira, 12 de março de 2014

terça-feira, 11 de março de 2014

Sinto-me...

As vezes sinto-me assim...
 
Sinto-me incompreendida.
Sinto-me impotente.
Sinto-me numa luta que a nada leva.

domingo, 9 de março de 2014

X



Acabou...
imaginei sentimentos, vi emoções, senti alegrias... mentira tudo coisas da minha cabeça... culpa minha, a carência fez-me ver coisa que nunca existiram, fez-me projetar sonhos, fez-me acreditar que era possível... mentira tudo coisa da minha cabeça... pequenos gestos foram ampliados, pequenas atitudes que eu própria arranjei justificações, porque só queria que... enfim.

"Será? Fica a duvida, fica a pergunta, fica a incerteza da certeza que será?"... Hoje tive a certeza que será, que é...  já não há nada a fazer, acho que nunca houve... sou uma cobarde, que mesmo agora sinto que fez figura de otária, sem nunca ninguém saber, mas fiz figura porque senti coisas, coisa que não se explicam, coisas que não se controlam, coisas que não devia ter sentido...

Palavras oferecidas



Esta semana uma pessoa ofereceu-me em papel o seguinte texto:

"Não chores pelo que perdeste, luta pelo que tens. Não chores pelo que está morto, luta por aquilo que nasceu em ti. Não chores por quem te abandonou, luta por quem está contigo. Não chores por quem te odeia, luta por quem te quer. Não chores pelo teu passado, luta pelo teu presente. Não chores pelo teu sofrimento, luta pela tua felicidade. Com as coisas que vão nos acontecendo vamos aprendendo que nada é impossível de solucionar, apenas siga adiante."

Vale apena pensar nisto...

quinta-feira, 6 de março de 2014

É estranho


Há pessoas que me fazem sentir bem... podemos não falar, mas o facto de partilharmos o mesmo espaço faz-me sentir bem... É muito estranho, são pessoas com que troco mera palavras, são pessoas que vou conhecendo a passo de caracol, são pessoas que ate hoje não passaram disso... mas gosto da sua presença... é estranho.

Noite



Hoje o céu está estrelado, a noite está calma, um vento suave que traz uma aparente Primavera... a lua está linda, ilumina o caminho e projeta nele sombras... gosto destas noites, gosto de parar e olhar o céu límpido... cada pontinho luminosa, cada estrela tem um significado, desde sempre que acho isso, cada ponto luminoso, é uma pessoa que já partiu, um sonho por concretizar, objetivos que ficaram perdidos...

A noite de hoje aconchega a alma, a minha alma... a noite de hoje tem pormenores que só eu sei... a noite de hoje faz-me bem.

quarta-feira, 5 de março de 2014

Frases com sentido #10

Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale apena respirar.
 
Made In: Pedro Chagas Freitas
 
 

terça-feira, 4 de março de 2014

O meu mundo



Acho que ando a criar um mundo só meu... entre as paredes de casa e as paredes do trabalho... paredes que se fundem... entre as lides domesticas e o dever do emprego... gosto do que faço mas tenho a sensação que estou "presa" dentro destas paredes...

E é quando olho em meu redor e vejo estampado no rosto dos outros uma aparente felicidade, que uma tristeza me invade, um nó nasce na garganta e um esforço enorme para não chorar... E é quando vejo os meus sonhos a serem concretizado por outros que a dor é maior... não é ser egoísta, mas queria tanto...

Será que algum dia me vou libertar?

Será um sinal?!


Sabes, hoje o meu coração não vacilou, não tive nenhum ataque cardíaco, o corpo não tremeu como se tivesse febre, a voz estava firme... pela primeira vez o meu corpo não teve nenhuma reação física quando te vi...

Os olhares cruzaram-se... foi bom ver-te... mas está falta de reação quererá dizer alguma coisa?! hum, não sei... só o tempo o dira...

Será um sinal que, o que sinto por ti, seja lá o que for, está a desfragmentar?!

segunda-feira, 3 de março de 2014

Se eu pode-se escolher...



A noite passada tive o melhor sonho da minha vida... e durante o dia, sempre que me lembrava fez-me rir, senti-me tao bem...

O protagonista foi um rapaz com quem falei apenas uma vez na vida... mas o olhar iluminado dele a olhar para mim, a ternura que teve para comigo, a voz meiga e o abraço, indescritível... fez-me sentir importante para ele... não me lembro exatamente da historia... mas ainda me faz rir quando me lembro...

O que o meu inconsciente foi buscar... se eu pode-se escolher, tinha sonhos destes todas as noites :)

domingo, 2 de março de 2014

Frases com sentido #9

"O que tu fizeres na vida será insignificante, mas é importante que o faças porque mais ninguém o fará."
 
Made in: Filme "Remember me"
 
 

sábado, 1 de março de 2014

Vida



Hoje as lagrimas invadiram os olhos... um passado cheio de memorias, que de tempos a tempos enche o pensamento... e um presente que sinto que me foge entre os dedos... dias repletos de pessoas, que deixam escapar sorrisos, "olás" agradáveis, um dedo de conversa... mas que no fundo não passam de pessoas singulares, que saem e entram há velocidade da luz... cuja importância nas suas vidas é nula...

Muitas vidas se cruzam num corrupio desmedido... onde no final do dia tudo acaba e volto para o sítio de sempre...

Existe um muro construído com tijolos transparente que não deixa passar... um muro construído com aço, à prova de balas que só os mais corajoso conseguem derrubar... mas para isso era preciso existir corajoso que queriam estar do lado de cá com esta alma...

Mas sinceramente, acho que conhecer-me é tempo perdido...