quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Falta


 
Uma vez num jantar de curso, coloquei a mera hipótese de mudar de faculdade... e lembro-me da minha colega (amiga do coração) dizer em tom de pânico "por favor não me abandones, não faças isso"...

Hoje lembrei-me disso... e apercebi-me que atualmente não faço falta a ninguém (os pais não contam)... hoje ninguém me diria tais palavras... palavras de quem gosta, de quem apoia e recebe apoio, de quem protege e é protegido, de quem incondicionalmente está lá, de quem percebe sem julgamentos, de quem "ama" com amor puro e genuíno...

Sinto falta...

2 comentários:

  1. Acredita que não estás sozinha. Eu nos ultimos anos perdi os poucos amigos que tinha. Por um lado foi bom porque descobri que andava enganada, que aquelas pessoas no fundo nunca foram minhas amigas mas por outro sinto falta de ter alguém para sair, para conversar.... enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, acredito... infelizmente é um mal que muito de nós sofremos... e aqui, na blogosfera tive essa noção... no mundo lá "fora", existem muitas mais pessoas que se sentam ao nosso lado no banco do autocarro, que se cruzam na rua connosco, que estão frente a frente num banco de um restaurante, pessoas essas que sofrem do mesmo mal... mas teimamos em esconder do mundo como estamos, a solidão ainda não é vista com bons olho, ainda é tabu...

      E sim, ter alguém com quem sair, beber um café, alguém com quem conversar de tudo e de nada, alguém com quem tenhamos uma cumplicidade é tão bom...

      Bora beber um cafezinho (virtual) eheh

      Eliminar