sábado, 18 de janeiro de 2014

Porquê #2


Chove lá fora, a luz amarela dos cadeeiros reflete nas poças de água... fui espreitar, vi luz lá dentro, está aberto, está calmo, não está muita gente, não estão muitos carro, mas está aberto, talvez estejas lá, não sei, costumas ir lá ao fim-de-semana, é teu habito, gostas de ir lá, é normal, nós jovens gostamos da noite, ir a um bar, beber um cafezinho, uns copos com os amigos, mas eu nunca foi dada à noite apenas uma vez, uma única vez entrei lá, onde tu estás todas as noites aos fins-de-semana... pergunto-me porquê? porque me afastei  da juventude, porque me afastei do banal, do normal, das rotinas dos jovens da minha idade? ás vezes sinto-me uma ave rara.... se gostava de lá estar? gostava, não por rotina mas gostava, sinto necessidade, sim...

Sem comentários:

Enviar um comentário