quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Perguntas com significados diferentes




Quando tinha de 16 anos perguntavam-me:
"Então, já namoras?"

Agora, aos 24 anos perguntam-me:
"Já alguma vez namoras-te?"

Pah..  nó na garganta, sorriso (é o meu disfarce para levar a coisa na brincadeira) e sem saber bem o que responder, meto voz firme e lá digo: já me viu com alguém? não, pois não...

Não sei o que deu a este gente para me perguntarem isto... ok, eu sei que já tenho 24 anos... mas que eu saiba não existe um limite de idade... e depois ainda dizem "há, ainda és nova deixa lá"

Eu, as vezes, já pensava que não era muito normal, mas agora a dizerem estas coisas, piorei significativamente...

Nunca tive, porque nunca aconteceu...e não vou para o meio da rua fazer publicidade gratuita...

Se gostei de alguém? acho que sim...o meu melhor amigo (shiuuu, nunca soube)

Se alguém gostou de mim? não sei... apenas ouvi uns sussurros

Neste momento se gosto de alguém? não sei responder... é algo "sem definição"

8 comentários:

  1. Outro mal das terras pequenas.
    Não há muito de que falar... nem há muitos rapazes, não é? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assuntos, creio que até tenham... mas têm mais gosto em falar da vida alheia... enquanto falam dos outros não olham para o seu próprio umbigo...

      lol... a questão não é a quantidade, mas talvez a qualidade ou talvez o problema seja eu própria... não sei... amar alguém e ser amado, ser correspondido, haver uma simbiose... creio que é difícil de acontecer, encontrar alguém, o "tal"... hoje as relações estão muito banalizadas...muitas vezes é por carência, por comodismo, por companheirismo... não sei...

      Eliminar
    2. Os rapazes não querem responsabilidaes. Gostam de ficar no bem bom, agarrados às saias da mãe e uma relação séria implica entrega e assumir responsabilidades. :\

      Eliminar
    3. Chama-se a isso imaturidade, crianças grandes... brincam com os sentimentos dos outros e depois fogem...

      Eliminar
  2. Nunca aconteceu pronto, não há mal nenhum nisso Maria...há coisas piores muito sinceramente. Quando acontecer desde que sejas feliz com o moçoilo é o que importa! (as pessoas deviam mesmo meter-se na vidinha delas!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, claro que há coisas bem piores... mas a maneira e a intuição como é dito.... não sei, não sei explicar mas faz-me pensar...

      Eu não ligo muito as opiniões dos outros... as pessoas falam muito, mas muito do que é dito são mentiras... inventam... e nunca põem em questão o que a vizinha do lado disse se será mesmo verdade...

      Eliminar
  3. Está descansada que não és a única nessa situação e confesso que até fico admirado porque pensava que isto só acontecia aos rapazes... :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo ao grupo eheh... é bom saber que não sou a única ;)

      Não acho que seja uma questão de género... talvez o que acontece é que existe uma maior pressão sobre os rapazes por parte da sociedade, fruto de uma sociedade machista, infelizmente...

      Eliminar