terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Desilusão?!?


 
Conheço-te desde sempre, andamos na mesma escola, somos da mesma terra... mas de ti não sei nada... a vida nunca nos tinha juntado... mas há 1 ano atrás, o menino bonito, aquele que de uma forma ou de outra mexia comigo, cruzou-se no meu caminho... eu, uma tola, uma prava, foi sonhando....

Sempre que oiço a tua voz, sempre que te percinto... o meu coração acelera descompassadamente, como se fosse explodir... tento controlar mas é difícil... opto por não falar ou quando falo parece que estou ligada à corrente, juntado as palavras, as frases, numa só, tal é o meu descontrolo...

Hoje dizem coisas de ti que eu não quero acreditar que é verdade... tu não eras capaz... diz-me que não... quando oiço esses sussurros, o meu coração congela, a minha alma fica novamente sozinha... não tinhas necessidade de fazer tal "coisa"... mas doí-me saber que tal "coisa" possa ser verdade...

Sinto-me dividida... momentos em que defendo-te, em que sei que jamais farias isso... mas fica a duvida, um rasto que deixou marca...

Mas é quando acredito em ti.. que volto a sonhar... hoje voltei a sonhar, a ser uma tola, uma miúda que vive na expectativa... hoje o meu inconsciente, conscientemente levou-me a sentir cada pedaço de ti, o teu olhar , as tuas mãos, o teu perfumo, o teus lábios, a tua respiração, a tua voz... inconsciente senti-te...sem nunca te ter...

Sou uma tola... que vive a vida sonhado, numa espécie de "sem definição"

2 comentários:

  1. Há dias assim mesmo! Estás numa situação complicada...apesar de os momentos bons, aqueles em que te sentes uma tola, tira as histórias a limpo - não quero ser pessimista, mas já vivi algo semelhante e preferia ter realmente tirado as dúvidas antes de me iludir.

    PS: Aproveita os bons momentos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei... quanto maior é a ilusão maior é a deceção... e no fim ca tamos nos para sofre...

      Mas, como tu dizes-te é complicado :(

      Ah, vou seguir o PS... é reconfortante saber que existe alguém que percebe o que estamos a sentir... obigada pelas palavras...

      Eliminar